DF: Paco Britto participa de reunião com representantes da sociedade civil

DF: Paco Britto participa de reunião com representantes da sociedade civil

A ideia do programa é que haja uma interlocução direta do setor produtivo com o GDF. Britto enfatiza ações de desburocratização do GDF em encontro com representantes de indústria e de transporte

O vice-governador Paco Britto participou, na tarde desta segunda-feira (6), da primeira reunião de trabalho, realizada pela Casa Civil, sobre a apresentação da base do Plano de Desburocratização, Modernização e Agilização dos Serviços do Governo do Distrito Federal (GDF). O plano terá sete reuniões com representantes da sociedade civil organizada, previstas até o fim do mês de maio (29/05). O encontro desta segunda-feira foi especificamente com representantes de indústrias e de transporte. Também estiveram presentes representantes de entidades nacionais do Agronegócio, eventuais investidores no DF.

A ideia do programa é que haja uma interlocução direta do setor produtivo com o GDF. Para isso, previsto para junho, será lançado o plano GDF+Eficiente (o nome não é definitivo), além das câmaras setoriais ou temáticas, que fazem parte do plano, e que constituem áreas de interesses, onde os representantes dos setores possam levar os problemas e sugerir ações, a fim de que o governo resolva as demandas em tempo hábil.

Paco Britto agradeceu a presença dos secretários de governo e dos vários representantes da sociedade civil organizada, destacando, entre outras medidas, o compromisso do governo em desburocratizar o GDF. “É muito bom trazer esse plano para esse primeiro encontro. Eles serão separados em grupos diferentes para escutarmos quais são as demandas e dar mais dinamismo. É a cara do governo Ibaneis, pois aqui não há enrolação. Queremos desburocratizar o GDF, gerar mais emprego, mais recursos para serem investidos no Distrito Federal”, enfatizou.

Segundo o secretário da Casa Civil, Eumar Novacki, o foco do programa é o espaço geopolítico do Distrito Federal. Além disso, lembrou o secretário, as bases do plano serão baseadas nos programas do Governo Federal: Plano Agro+, que objetiva reduzir a burocracia e modernizar as normas que regularizam o agronegócio brasileiro, e o Plano Brasil Eficiente, que visa formular políticas públicas para simplificar a administração pública e melhorar os serviços para o cidadão.

A primeira etapa do processo do plano consistiu, entre outras ações, na produção de conteúdos. “Iniciaremos agora uma série de reuniões com representantes da sociedade civil organizada, entidades de consumidores, fornecedores, produtores, empreendedores, enfim, todos atores que queiram participar desse processo e quiçá empreender nesta UF”, resumiu Novacki.

Além do secretário Novacki, também estiveram presentes os secretários da Fazenda, André Clemente; do Trabalho, João Ferraz; da Ciência e Tecnologia, Gilvan Máximo, e a secretária-executiva de Relações Internacionais, Renata Zuquim, entre outros.

Paco Britto fez questão de ressaltar que todas as demandas serão discutidas com as áreas técnicas do governo, avaliadas e, caso sejam pertinentes, deverão ser implementadas. “Esse programa é modelo para o país”, finalizou.

Datas das próximas reuniões:

09/05 às 15 h; 13/05 às 15 h; 17/05 às 15 h; 20/05 às 15 h; 27/05 às 15 h; 29/05 às 15 h.

As reuniões ocorrerão no CIOB – SDN Conj. A  Bloco B – Ed. Sede (ao lado da Secretaria de Segurança Pública do DF).

Sobre o autor | Website

Jornalista Especializado em Comunicação Empresarial e Marketing em Mídias Digitais. É idealizador da Escola do Jornalista Digital e foi Diretor de Comunicação e Marketing da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!