Geral

Escola da Terra: História, Amor, Tradição e Fortalecimento na Educação em Cidade Ocidental

Escola da Terra: História, Amor, Tradição e Fortalecimento na Educação em Cidade Ocidental

Foi na varanda de sua residência que Nicandro transformou o local em uma sala de aula

Impossível falar de educação e não se lembrar do professor Nicandro Hozana Batista, o fundador da Escola da Terra. 

Pioneiro de Cidade Ocidental, Nicandro foi um homem fascinado pela educação, que pensou no ensino dos moradores de origem simples, que residiam naquela época, na região.

Ele cedeu parte de sua casa, uma simples fazenda, para que fosse realizada de forma efetiva a alfabetização daquelas pessoas, que naquele período, somavam 100 alunos.

Em 1978, Nicandro o grande sonhador regional da educação, doou partes de suas terras para a prefeitura de Luziânia, na qual as terras de sua fazenda estavam localizadas, e também período em que, a cidade tinha como prefeito Walter Rodrigues, para que fosse construído o prédio da escola, hoje denominada Escola da Terra.

Em conversa, o ex-prefeito de Luziânia, Walter Rodrigues se recorda com clareza do gesto ofertado pelo professor. “Não há como falar da escola sem antes falar do nosso querido professor. Tive o grande privilegio de ser seu amigo. Nicandro era um homem nobre, de grande caráter, um exemplo, uma verdadeira referência para sua enorme família e para todos, até os dias atuais”, enaltece o ex-prefeito.

Foi na varanda de sua residência que Nicandro transformou o local em uma sala de aula, lembra Walter Rodrigues. Com um pequeno quadro negro, espoja e giz, dedicou anos de sua vida em ajuda ao próximo. O ensino naquele período só acontecia graças à dedicação do professor, que dividia o seu tempo com a sala de aula e a pesada vida da roça.

 “Quando fui candidato a prefeito fiz o compromisso com a comunidade de construir um prédio para funcionar a escola. E foi aí, que o grande Nicandro me ajudou. Ele doou seu terreno e assim, conseguimos realizar o sonho da comunidade, com a construção da escola que levou o nome do grande mestre Nicandro Hozano Batista”, conta o ex-prefeito.

“Somos gratos por todo o ensinamento. Com a sua ajuda conseguimos construir a escola, e assim, auxiliar aquela população que necessitava desse ensino”, conclui.

A Escola da Terra

O ano de 2018 ficou marcado pela revitalização da escola.  Em novembro, foi inaugurada a Escola da Terra Nicandro Hosano Batista, localizada na Fazenda Garapa.

Há atual escola recebeu adaptações para o novo ensino, incluindo assim, a popularizar entre os moradores do município as técnicas de produção sustentável, além de mostrar para alunos e professores da rede pública municipal formas inteligentes e práticas de abordar o tema meio ambiente em sala de aula.

 Para o diretor da escola, o biólogo Josiel Barbosa, é muito importante uma unidade de ensino no padrão da Escola da Terra, pois a mesma veio para mostrar à importância de trabalhar de uma forma sustentável. “O estabelecimento será um local de convergência para os produtores rurais e para a comunidade em geral. Iremos fornecer um conhecimento social para que a população possa implementar as nossas tecnologias em suas propriedades, e assim, tirar sua sobrevivência de uma forma sustentável”, disse Josiel. 

Durante os encontros serão ministradas aulas de hortas, colheitas de sementes e todo o processo técnico que ocorre antes da produção. 

Jornalista: Joyce Coelho

Fotos: Daniel Silva 

Sobre o autor | Website

Jornalista Especializado em Comunicação Empresarial e Marketing em Mídias Digitais. É idealizador da Escola do Jornalista Digital e foi Diretor de Comunicação e Marketing da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!