Entorno Política Hudson Cunha

Weslei Garcia pré-candidato ao governo do estado visita a Comunidade Quilombola Mesquita

Weslei Garcia pré-candidato ao governo do estado visita a Comunidade Quilombola Mesquita

Nesta sexta-feira(01/06) o pré-candidato ao Goiás, Weslei Garcia (PSOL) fez uma visita ao Quilomboa Mesquita, localizado na Cidade Ocidental localizada na região da RIDE( Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno).

O Território do Quilombo de Mesquita foi reconhecido a partir de estudos técnicos regularmente realizados no processo administrativo Nº 54700.001261/2006-82, conforme Relatório Técnico de Identificação e Delimitação – RTID, Diário Oficial da União – DOU, em 29 de agosto de 2011, página 106, com a área delimitada correspondente a 4.292,8259 ha (quatro mil duzentos e noventa e dois hectares, oitenta e dois ares e cinquenta e nove centiares). A Comunidade Quilombo Mesquita, desde 2006, é oficialmente reconhecida pela Certidão expedida pela Fundação Cultural Palmares, do Ministério da Cultura.

A Resolução nº 12, de 17 de maio de 2018, publicada no DOU nº 99, de 24 de maio de 2018, contém a deliberação do Conselho Diretor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), que “acolheu” pedido de uma Associação para redução do Território do Quilombo de Mesquita, e condicionou a publicação da correspondente Portaria de reconhecimento e declaração do território do Quilombo à comprovação de que a maioria dos membros apenas da associação tenha aprovado o pedido de redução do território.

Segundo Weslei Garcia, trata-se de uma medida criminosa, uma vez que tal decisão fere, inclusive, parecer interno do mesmo órgão, que tem entendimento justamente o contrário. Segundo bloguista do jornal O Popular, a decisão foi impulsionada por lobby do Deputado Estadual Jovair Arantes do PTB/GO para beneficiar uma empresa de José Sarney do MDB/MA.

A Comunidade Quilombola Mesquita representa a história e a cultura do povo brasileiro. A manutenção daquele espaço significa a valorização de toda nossa gente que dedicou suas vidas na construção de nossa sociedade e de nossa história. Todos somos oriundos da comunidade quilombola. Somos descendentes afros e em nossa veia corre com muito orgulho sangue negro e de resistência e luta.

O INCRA e a as autoridades competentes devem atuar para reverter esta ação desmedida e descabida que beneficia Jovair e Sarney; e garantias de manutenção desse nosso patrimônio cultural vivo!

“O governo de Goiás deveria se interceder contra esse atentado ao patrimônio do povo brasileiro e goiano, um governo deve cuidar das pessoas e do seu patrimônio cultural.”Afirma Weslei Garcia

Sobre o autor | Website

Jornalista Especializado em Comunicação Empresarial e Marketing em Mídias Digitais. É idealizador da Escola do Jornalista Digital e Diretor de Comunicação e Marketing da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!